quinta-feira, 23 de julho de 2009

Janua Linguarum, ou, Curiosidades do(s) Idioma(s)

Gente, GRAÇAS A DEUS ainda existem registros da literatura oriental pra nos confirmar o que o Velho Guerreiro, salomonicamente falou: "Nada se cria, tudo se copia". O tempo gira que é uma beleza, e o ser humano sempre vai fazendo com que ele repetitivamente se renove. Por isso, resolvi hoje, caros amiguinhos, postar uma tentativa de tradução que GRAÇAS A DEUS, e com a ajuda de duas amigas turcas, a Cansu (leia-se Djansu) e a Züriye, toda e qualquer correção pode ser feita. Mas sei lá, quem estuda turco, ou saque DE FATO de Literatura Turca, ou sacar tudo de Orientalismo, sinta-se MAIS que à vontade pra corrigir essa tentativa feita por um mero amador como MUÁ. Tipo, SE DEUS QUISER, dando pra (tentar) traduzir mais textos de outros paises, vamo tentar colocar os originais junto - ÓBVIO que serão textos mais antigos, certo? Afinal, os clássicos nos ajudam a desvendar melhor e a reler os modernos e a construir e redescobrir a contemporaneidade existente neles, né não?? E me esqueci: quanto aos outros textos que SE DEUS QUISER poderão aparecer aqui, certamente que poderão ser traduções de traduções - afinal, meu nome NÃO É NEM Mitridates, NEM Zyad Youssef Fazah, e NÃO FALO, NEM ENTENDO, NEM ESCREVO mais de 56 línguas fluentemente, OK?? Então, gente, POR FAVOR, NÃO encarem isso como pedantismo, ou metidez da minha parte, isso num passa de CURIOSIDADE, gente!! Como eu já falei, apesar de GRAÇAS A DEUS estar tentando estudar um pouco disso, eu ainda sou um AMADOR, galera!! QUE FIQUE BEM CLARO ISSO, porque eu NÃO SEI NADA, a não ser PORTUGUÊS!! :P

E também, GRAÇAS A DEUS as "ideia pu brogue tão cumeçano a surgí, uai"!!!

Afinal, acho que o objetivo principal do blog vão ser coisas relativas a TRADUÇÃO DE TEXTOS, cara!! Afinal, como ser (ou tentar ser, melhor dizendo)"traduttore" sem ser um pouco "tradittore"? Afinal, já que toda língua reflete acima de tudo os mecanismos da manifestação do pensamento do seu respectivo falante, a forma de manifestar o pensamento vai variar de lugar pra lugar, de indivíduo para indivíduo, de "classe" pra "classe", e assim, exatamente traduzir IGUALZINHO, IGUALZINHO, a gente talvez nunca vai conseguir, né não? Tarefa difícil, essa de tradução, mas é talvez uma das mais relevantes, já que acima de tudo, mexe com a TRANSMISSÃO da cultura, mexe com a PERPETUAÇÃO do pensamento, já que através da arte, seja ela expressa através da literatura, ou não, o presente-passado se encontra com o presente-agora, e nessa releitura do mesmo, o presente-futuro possa ser formado, num elo paradoxalmente uno, mas ao mesmo tempo separado. Por isso que Salomão já falou: "há tempo para tudo debaixo do sol.", e que ao mesmo tempo "não há nada de novo debaixo do sol."

Aí me perguntam: E A BÍBLIA? Bom, essa é uma questão LOOOOOOOONGA... Porque neguinho vai dizer: "Ah, foi alterada! Foi obra de HOMENS! Não foi traduzida corretamente!", etc. etc. Acho que isso vem de gente que se concentra tanto nos detalhes que se esquecem do GERAL, cara. Na boa, neguinho, quando vem criticar a Bíblia, quer ser mais real do que o rei, HAHAHAHH!! Não só a Bíblia, mas também o Bhagavad Gita, o Dhammapada, o Zend Avesta, e vários textos. Gente, que fique BEM CLARO: OBEDECER a DEUS e GUARDAR OS MANDAMENTOS é DEVER DE TODO HOMEM, como tá escrito lá. Só cego pra num querer ver a bagunça que tá o mundo de hoje, ainda que digamos que tá tudo bem, tá tudo zen. PORQUE?? Resultado do homem querer olhar pro seu próprio umbigo e não querer descobrir o mundo além de tais regiões onfálicas (Show do Milhão também é cultura, gente!! Afinal, "Onfalite" é inflamação no umbigo, QUEM SE LEMBRA??) . Gente, sério: nós homens temos MEDO da verdade, de que somos falhos, limitados, e ainda que tentemos usar a autonomia que DEUS nos deu, ainda assim nos damos mal, porque é mais ou menos assim.

DEUS: - Vou deixar você caminhar com as suas próprias pernas, já que você tanto quer. Só tem alguma coisa: você está preparado para as consequências?

homem: - Sim, Pai, estou sim. Afinal, o senhor me deu a autonomia e o livre arbítrio, vou usar como bem entender, então!!

DEUS: - Está certo.

Daí, praticamente como na parábola do filho pródigo, o homem ao tentar caminhar por si só, quer ser o dono do pedaço, e quando descobre que por si só NÃO consegue gerir o negócio que DEUS lhe deu pra administrar, aí, com o rabo entre as pernas, volta pro Pai e o Pai, TODOPODEROSO, CLEMENTE e MISERICORDIOSO, chega e pergunta:

- Meu filho, o que houve?

- Pai, perdão pela minha estupidez. Achei que poderia caminhar sozinho, mas não consegui, e agora admito o erro. Não quero mais fazer isso.

- Eu tentei avisar, meu filho. Mas não se preocupe, porque Aquele que te defende veio até mim e já me explicou os motivos da tua decisão precipitada. Agora, fique tranquilo, que você está COMIGO. Só seja mais obediente, e você vai ver REALMENTE como que se realiza a tarefa que eu te designei que fizesses.

-Sim, Pai. SEJA LOUVADO E ENGRANDECIDO O TEU NOME PARA SEMPRE!!

Assim sendo, depois desse MEGAPARÊNTESIS, voltando ao assunto do "traduttore, tradittore", a gente NUNCA pode dizer que o texto traduzido esteja cem por cento errado, partindo do princípio do qual se infere (que coisa mais advocatícia, não?) que o: TRADUZIR não é ALTERAR O TEXTO INTEIRO!!! É procurar ser o mais acurado possível ao passar o texto duma língua para outra, sem procurar alterar ao menos O SENTIDO, sendo O MAIS LITERAL POSSÍVEL!!!

YUUUUUUUUUUUUUHUUUUUUUU!!! JEPESQUIPEEEEEEEEEE (Valeu, Galego! )!!! UFA!!

Bom, sem mais delongas...

Primeiro vamos ao original, OK?? Como eu num sei turco, cês talvez reclamem:

AH, bicho SAFADO, esse!!! Fica fazendo essas delongas, promete não ser subjetivo, e no final bota um texto MIXURUCA desses? FAÇA-ME UM FAVOR!! Vai aprender a escrever, seu fi-du'a-égua!! HAUHAUAHUAHU!!

Enfim, Lá Vai:


Cennet Fıkrası

Bir gün Padişah, Nasreddin hocaya sormuş;

— Ben öldüğümde cennete mi gideceğim, cehenneme mi?

Hoca, Padişahdan korkmadan;
— Tabii ki cehenneme gideceksiniz.

Öfkeden padişahın sakalı kabarır. Nasreddin hoca;

— Cennete gideceğinizi söylemek isterdim ama cellatlarınız öldürdüğü insanlar 
yüzünden cennete sığamazsınız. O yüzden mecbur cehenneme gideceksiniz.


Tentativa de tradução:

O episódio do Paraíso

Um dia, o Paxá perguntou a Mulá Nasreddin:

- Quando eu morrer, eu vou para o Paraiso ou para o Inferno?

O Mulá, com medo do Paxá:

- Certamente o senhor irá para o Inferno.

O Paxá ficou com tanta raiva, que já as suas barbas já estavam por eriçar-se. O Mulá continuou:

- Eu queria dizer que o senhor irá para o Paraiso, mas pelo fato de os seus algozes estarem matando as pessoas, o senhor não poderá entrar lá, mas ir direto para o Inferno.

Eu sei que acabei matando a piada, mas sei lá, isso é só uma tentativa de trabalho feita por um amador. Quaisquer correções, de QUALQUER TEXTO, que SE DEUS QUISER entrarão aqui, serão MAIS que bem-vindas: serão NECESSÁRIAS, porque G"D (=GRAÇAS A DEUS) a gente tá aqui é PRA APRENDER, amiguinhos!! Então, LET'S GET IT ON, and PUT THIS ROOF ON FIRE, mes amis!!

ARRIVERDERCI por hoje (acho eu, né?)!! BESITOS, BESITOS, CHAU, CHAU!!!

GOD BLESS you ALL!!





2 comentários:

  1. Para todos aqueles que estranharem o fato de que eu sempre procuro repetir GRAÇAS A DEUS, é o seguinte: quem conhece a minha história sabe que eu não sei receber elogios, então, eu não gosto de achar que fui EU que fiz, sabe? Deixa isso pros outros discutirem, porque é aquilo: "quem lisonjeia com os lábios, arma uma armadilha, sem saber, ao seu companheiro." E outra: "louve-te o estranho, e não a tua própria boca." Assim sendo, caros amigos, se houver críticas CONSTRUTIVAS, serão NECESSÁRIAS, porque repito: elogios NÃO SEI receber, e também NÃO ESCREVI esse artigo, NEM esse depoimento JÁ com intenção de receber QUAISQUER elogios, valeu??
    Dado o recado, deixo-vos aqui, companheiros!! SE DEUS QUISER, por HOJE, acho que é só, OK??
    Então, TCHAU, PESSOALLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL!! E...
    1
    2
    3...

    VIVA A NOITEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!! :P

    BESITOS Y ABRAZOS, ÓSCULOS E AMPLEXOS A TODOS!!

    ResponderExcluir
  2. Cennet Fıkrası

    Bir gün Padişah, Nasreddin hocaya sormuş;
    — Ben öldüğümde cennete mi gideceğim, cehenneme mi?
    Hoca, Padişahdan korkmadan;
    — Tabii ki cehenneme gideceksiniz.
    Öfkeden padişahın sakalı kabarır. Nasreddin hoca;
    — Cennete gideceğinizi söylemek isterdim ama cellatlarınız öldürdüğü insanlar yüzünden cennete sığamazsınız. O yüzden mecbur cehenneme gideceksiniz.

    AH, taí o texto COMPLETO. Sabem como é que é, né? Copiar e Colar é MOLEZA!! Viva a Wikisource que disponibiliza esses textos em Domínio Público, HEHEHEH!!

    ResponderExcluir