sexta-feira, 3 de maio de 2013

E aí, minha senhor(it)a, se cê conquista pelo estômago a Seu Moço-Bonito-Que-Madama-Escolher...



Tem uma historinha que eu acho MUITO legal: de como os pais de Johann Sebastian Bach se conheceram.

No Ritmo do Funk:

A matriarca era mais velha que o patriarca.
Daí, na Alemanha, o rapaz...

Chegou lá na pensão, pedindo um mingau.
"Vai rolar quebra-pau! Vai! Vai rolar quebra-pau!"
E a senhora Bach lhe deu uma garfada! É
"Vai rolar uma pentada! É! Vai rolar uma pentada!"
Ele comeu de torto, de direito ficou de quatro!
"Te levá pro meu quarto! É! Te levar pro meu quarto!"
Chegando lá no quarto... Pediu em casamento!
É: vou amarrá meu jumento! É! Vô amarrá meu jumento!
Depois do quebra-pau, surgiu uns oito irmão!
Então, rolou a ideia: um instrumento em cada mão!
E toda a molecada, violando tocão! Na flauta, no fagote, e no acordeão!
Moralzinha da história: se prende o barrigão...
É: tu fica embarrigada! Tu fica embarrigada! Vai levar umbigada.