quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Para pensar: TUDO NA VIDA PASSA.



Bom, não tenho muito o que dizer mais do que a canção abaixo diz. Não sei infelizmente o nome dela, mas sei que é simplesmente profunda, afinal, estamos falando de uma tradição cultura de poesia e pensamento milenar: a cultura persa. 

Quem a interpreta são três cantores: Noziya Karomatullo (a qual é uma verdadeira popstar lá), Muhammadrafi (seu irmão) e Sadriddin (o qual não sei se é afegão ou iraniano).

A letra foi extraida do grupo "Hafez, Sa'di, Khayyam, Mowlono"

<https://www.facebook.com/hafez.sahdi.khaiam.mollana>


زندگی با آشنایی با جدایی بگذرد
[Zindagi bo oshenoyi, bo judoyi bigzarad]

(Em união, como em separação, a vida segue) 



هم خدایی بگذرد هم بی خدایی بگذرد
[Ham khudoyi bigzarad, ham bî khudoyi bigzarad]
(Em união com Deus assim como em separado d'Ele, a vida segue)

هر کسی بفروخت ما را من ندانم چی خرید
[Har kasi bifrukht mo ro, man nadonam chî kharîd]
(Todos estão vendendo (algo), eu não sei o que comprar para nós)

بی بهایی بگذرد، ارزان بهایی بگذرد
[Be bahoyî bigzarad, arzon bahoyi bigzarad]
(Sem custo, ou com custo a vida há de seguir) 

دلخراشی های حسن بی نمک را دیده ایم
[Dilkharoshî hoyi ĥusni be namak ro dida im]
(Temos visto os desencantos de uma beleza insossa)

دلخراشی بگذرد هم دلربایی بگذرد
[Dilkharoshî bigzarad ham dilraboyî bigzarad]
(Qual o desencanto, assim também o encanto passa)

مشکل دل را گشادیم و نفهمیدیم او چیست
[Mushkili dil ro gushodem va nafahmidem o chîst]
(Soltamos os problemas do coração, e não entendemos nem o que são)

دلگشایی بگذرد مشکل کشایی بگذرد
[Dilgushoyi bigzarad, mushkil kushoyi bigzarad]
(Qual o prazer, assim também a dificuldade passa)

زندگی با آشنایی با جدایی بگذرد
[Zindagi bo oshenoyi, bo judoyi bigzarad]
(Em união, como em separação, a vida segue) 

هم خدایی بگذرد هم بی خدایی بگذرد
[Ham khudoyi bigzarad, ham bî khudoyi bigzarad]
(Em união com Deus assim como em separado d'Ele, a vida segue)


(Poeta/Compositor = Desconhecido)

<http://www.youtube.com/watch?v=WZYcewrNeZA>

Nenhum comentário:

Postar um comentário